Quanto suporta nossas ancoragens fixas ?


Em testes produzidos pela empresa “Asac Formación”, diversos tipos de ancoragem foram submetidos ao estresse, obtiveram conclusões pertinentes sobre qual a carga necessária para arrancamento da ancoragem.

  • Chumbador Spit (M8x30, cunha de 12 mm). Resistência ao arrancamento: 14,26 kN (superfície: concreto).
  • Chumbador Parabolt Hilti HSA-R (M10x83, inoxidável A4). Resistência: 25,5 kN. (superfície: concreto).
  • Mailon sem marca de 6 mm, galvanizado e de “aço doce” (baixo conteúdo de carbono), com 15 anos de uso. Resistência: 10,34 kN.
  • Fita anel plana de 26 mm (poliamida) da marca Beal fechada através do nó de fita. Exposta ao sol e as intempéries do tempo durante um ano. Resistência: 9,81 kN.
  • Chumbador Micro perfurador M8x15 com chapeleta recuperável. Resistência ao arrancamento: 5,2 kN. (superfície: concreto).
  • Mosquetão Faders, modelo Free (de duralumínio). Resistência real após 16 anos de uso: 24, 32 kN.
  • Anel de cordelete Beal de 7 mm (poliamida), fechado através de um nó pescador triplo. Esteve exposto através das intempéries do tempo na parede de Chamizo (Villanueva Del Rosário, Málaga) durante 4 anos. Carga de ruptura: 7,02 kN. Deslizamento do nó: 25 mm.
  • Chumbador Spit M8x30, cunha de 10 mm recém instalado. Resistência ao arrancamento: 9,74 kN.(superfície: calcário).
  • Chumbador HKD da marca Hilti, M10x25, cunha de 12 mm. Resistência ao arrancamento: 7,89 kN. (superfície: calcário).
  • Chumbador Parabolt sem marca M8x75. Resistência: 7,01 kN.
  • Argola caseira de 10 mm em de cabeceira de via, com solda medíocre, exatamente na zona de trabalho da corda: 7,94 kN.

É de extrema importância observar que os testes podem variar muito de material usado para material usado e de superfície para outra superfície. Estes experimentos não podem ser utilizados como referência única sobre testes de ancoragens. Esta é uma amostra muito específica de ensaio.

Quer aprender mais sobre ensaios e ancoragens fixas ? Recomendamos a leitura do site:
http://www.marski.org/artigos/artigos-tecnicos/56-artigos/428-protecoes-fixas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *