Análise – Bota Marluvas Premier. Olhar crítico de um aventureiro


Análise – Bota Marluvas Premier. Olhar crítico de um aventureiro

Fabricada pela Marluvas, fabricante de produtos de proteção individual para o mercado industrial, a bota Premier foi lançada para alcançar o cenário de aventura. Com um valor absurdamente abaixo dos valores de botas no mercado nacional, decidimos testar a bota. Nós recebemos uma bota Marluvas Premier para testes em Dez/2015 e durante 10 meses colocamos a bota à prova. Deixamos aqui nosso relato de como a bota se comportou:

 

Prática de rapel em locais secos:

Prática em locais secos

Prática em locais secos

  • Para a prática de rapel em locais secos, a bota Marluvas Premier se mostrou eficiente, devido a seu sistema de retirada do suor interno, não permitindo que o calçado retenha umidade. Não recomendamos ao praticante de rapel em locais secos, molhar o calçado em poças ou locais molhados durante a prática, pois a bota irá reter água internamente, pois apesar de respirável, não possui nenhum tipo de drenagem.

Prática de rapel em locais molhados:

  • Existem dois tipos de praticantes de rapel em locais molhados, um gosta de botas impermeáveis que retenha a água internamente de maneira que a própria água irá reter o calor no pé do praticante, já o outro tipo prefere botas que possuam um sistema de dreno para que a bota não tenha absolutamente nada de água. A bota Marluvas Premier retém muita água caso seja submersa por completo, então recomendamos esta bota apenas para praticantes que desejam calçados que retenha água internamente.

Prática de Canionismo:

Bota Marluvas Premier

Treinamento Liga Rapel Rio de Janeiro, Curso de Rapel

  • Devido às rochas e fendas onde um canionista passa, a bota deve ser ser resistente e com um solado que gere mais atrito para o praticante não escorregar facilmente. A bota Marluvas possui essas duas características, porém a maioria dos canionistas utilizam botas com drenagem, pois utiliza-se meias de neoprene por dentro da bota, mantendo assim o calor nos pés do praticante. Nós utilizamos a bota por diversos Cânions de pequeno porte e a bota se comportou perfeitamente. Para Cânions de grande porte recomendamos botas que atendam às normas da prática.

Prática de Trekking:

  • Utilizamos a bota Marluvas Premier para realizar caminhadas seguido de acampamento ou apenas caminhadas diárias. A bota se comporta perfeitamente nas trilhas, mantendo o pé do praticante firme e leve. A camada impermeável da bota é suficiente para locais que contenham pouca e média umidade, como poças de água
    Bota Marluvas Premier

    Pratica de Trekking – Travessia Lapinha Tabuleiro

    pequena. A bota possui solado injetado, desta maneira o praticante não precisa se preocupar com solados ou costuras se soltando.

Conclusão:

A bota se comportou extremamente bem durante todos os meses de teste, deixando nós do Liga Rapel satisfeitos com o resultado. Com o valor girando em torno de R$170,00 no mercado nacional, a bota pode ser encontrada facilmente em lojas de aventura e de EPI por todo o Brasil.

Confira nossa análise em vídeo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *